Faça um blogueiro feliz, comente!

sábado, 10 de agosto de 2013

Antes da Meia Noite fecha um ciclo

A’trilogia do amor’ chega ao fim com a estreia de Antes da Meia-Noite (Before Midnight), do diretor Richard Linklater responsável pelos dois filmes anteriores, Antes do Amanhecer (Before Sunrise – 1995) e Antes do pôr do sol (Before Sunset – 2004).

Depois de Jesse (Ethan Hawke) e Céline (Julie Delpy) encontrarem o amor juvenil ao descerem do trem em Viena, e desenvolverem a relação pelas ruas da cidade, no primeiro filme. E no segundo, no qual esse amor se reacende na cidade dos apaixonados – Paris – durante uma conversa de poucas horas pelas ruas, o terceiro filme chega para concluir essa história de amor.

Ao contrário de uma comédia romântica, o filme discute problemas reais que um casal tem após dividir a vida por alguns anos e tenta não cair em trivialidades e trata sem pudor de sexo, traição e amor. Algo que acaba sendo inevitável ao se tratar da relação humana.

Hanke e Delpy voltam a demonstrar o ápice da sintonia conquistada no segundo. ‘Antes de Meia Noite’ chega para dar a resposta final à pergunta se Jesse ficou ou não na cidade luza. O longa-metragem consegue mostrar a sabedoria que um amor maduro conquistou. Passado na Grécia, berço de filósofos e da civilização moderna, a história demonstra os conflitos de um casal culturalmente diferentes e com problemas após a escolha de ficarem juntos.


O filme pode cativar novos fãs para a franquia, contudo o final do ciclo é feito para aqueles que acompanham a história do jovem casal. 

Nenhum comentário: