Faça um blogueiro feliz, comente!

quinta-feira, 31 de março de 2011

Saudade do que?

Dizem que a palavra 'saudade' só existe no vocabulário dos brasileiros. Mas nem por isso é fácil falar o que é. Pior, só mesmo "sentir saudade".


Existem alguns tipos de saudade. Pelo menos eu acredito nisso. Mas só uma machuca e doí. Saudade de quem você ama.


Claro que já senti saudade de casa. Queria pq queria voltar para casa de qualquer jeito. Ou mais engraçado, saudade de ir para o colégio, rever os amigos (as). Saudade de jogar futebol, de ficar em casa sem fazer nada, de ser criança, de um programa de TV, do seu cachorro, gato, papagaio. Ou seja, saudade dá para sentir de tudo. Mas a dor que a saudade traz é absurda


Claro que deve existir dor pior do que a saudade. Mas hoje, não penso em mais nada, e a saudade não é só um sentimento, é um vazio, um buraco, ou seja, uma dor que até agora não tem fim.

5 comentários:

Anônimo disse...

Minha sdds éh traduzida assim qdo meu pensamento éh convertido na minha paixãozinha....

"Hoje me peguei pensando no vazio...vazio da sua essência que habita em mim, vazio do seu sorriso que entorpece meu coração de alegria, vazio do seu olhar que adentra minhas entranhas, vazio do seu carisma que fascina meu eu, vazio de você, simplesmente porque você se tornou um vazio em mim, mas faço desse vazio a sua maior existência!!!" by cla

Ariane Neuhaus disse...

Quando passei a morar sozinha, pensava assim também. Mas me acostumei a sentir saudade, percebi que os caminhos cruzam-se e separam-se. Reclamar sobre isso nos faz perder os bons momentos com as novas pessoas que surgem conforme as outras se vão. (:

Anônimo disse...

concordo...

Anônimo disse...

SAUDADE é um vocábulo PORTUGUÊS, só existe, portanto, na LÍNGUA PORTUGUESA, pelo que não deverá dizer que "só existe no vocabulário brasileiro"...Achei pertinente fazer a observação por tratar-se de um blogue dedicado à PALAVRA.

saudações literárias!

Gabriel Cunha disse...

As saudades são diferentes apenas em intensidade e dor. Acredito em um futuro onde poderemos curar toda a dor que uma saudade traz, e assim, livrar-nos da dor eterna.