Faça um blogueiro feliz, comente!

quarta-feira, 4 de abril de 2007

Só faltava saber a porcentagem

Pra os intelectuais que não vêem Big Brother, ontem chegou ao fim mais um edição, uma das mais longas por sinal, cerca de 85 dias. O grande vencedor do prêmio cobiçado e desejado por muitos foi Diego, ou Alemão como é mais conhecido dentro e fora da casa.

Sobre a sétima edição existem várias curiosidades nos bastidores do programa. Primeiramente rola a informação que alguns participantes(Diego e Fernando) entraram no BBB por Q.I.(vulgo quem indica). Ou melhor, foram selecionados em uma boate paulista, aceitaram fazer parte do programa. Hoje Diego é um dos maiores ídolos do programa e por conseqüência seu público.

Por falar em ídolos dizem que esse foi produzido pela Globo. Muitos acusam a emissora de manipular as edições, cenas favoráveis ao queridinho do momento. O que não é novidade, a Globo é sócia antiga da manipulação.

Diego por sinal foi um fenômeno bem produzido. Depois de passar do “paredão” com sua paixão “Siri”, Diego era apontado facilmente com o vencedor da sétima edição, só fltava saber como seria, contra quem e com quantos porcentos. Não havia dúvida de que o “Alemão” seria o vencedor. Batendo recordes de aceitação, o “Lemão”, com 91% dos votos. Anteriormente a maior aceitação era do “povão”. Alemão superou Cida, vencedora do BBB4, que com 69% dos votos. Não é incomum ter participantes com mais de 60%, outro que ganharam o programa com uma larga aceitação foram, Kleber Bambam(BBB1, 68% dos votos) e Rodrigo Caubói (BBB2, 65%). Os outros ganhadores do BBB foram Dhomini (BBB3, 51%), Jean (BBB5, 55%) e Mara (BBB6, 47%).

Esses dados parecem que existem sempre um favorito pra final, ou que existe sempre um favorecido pela edição. Mas vai saber, suposições serão sempre suposições.

Um comentário:

Gisella disse...

Rede Globo e a arte de manipular.. Realmente ela domina essa técnica como ninguém!

Beijocas amor